Horário de atenção

de segunda a sexta-feira

das 9:00h às 13:00h e

das 14:00h às 18:00h

 

Tel: +351 256 109 139

Tel: +351 300 500 455

 

Últimos tweets

Conselhos práticos para a conceção de um sistema de autoconsumo #fotovoltaico
Células maiores, mais potência, módulos maiores. Qual o rumo da tendência? No artigo do nosso blog, damos uma vista… https://t.co/oUtorilLWV
RT renovaveispt: Colaborador da Krannich torna-se independente da rede elétrica https://t.co/DIeRbNYq6P KrannichSolarPT #solarpower #re
Após o recente lançamento da nova série residencial trifásica de inversores Sungrow_Power SGxxRT, considerámos apr… https://t.co/bZZzaCijAl

"Um dos nossos" torna-se independente da rede elétrica com uma instalação fotovoltaica isolada

03-05-2021
A instaladora Eraeco colocou em funcionamento um sistema isolado com a Victron e baterias de chumbo-ácido na segunda residência de Manolo Llongo, trabalhador da Krannich Solar Espanha.

Entre os objetivos da distribuidora fotovoltaica Krannich Solar, encontra-se o de aumentar a consciência social ao apostar na sustentabilidade e no respeito pelo meio ambiente. Estes valores fazem parte do ADN da empresa e também, claro, dos seus funcionários.

 

Manolo Llongo trabalha na Krannich Solar praticamente desde que a empresa abriu a sua filial em Picanya (Valência) e, depois de mais uma década a preparar pedidos para os clientes, decidiu passar ao nível seguinte e ser ele próprio também a tirar partido dos benefícios da energia solar. Contando com o apoio de um instalador de confiança como a Eraeco, o nosso colega montou um sistema de autoconsumo isolado numa casa no monte para onde a família costuma ir aos fins de semana e no verão.

 

"Estamos muito felizes por ter dado este passo tão importante rumo à autossuficiência energética. Foi muito emocionante viver em primeira pessoa o momento em que nos desligámos da rede e colocámos em funcionamento o sistema fotovoltaico isolado", comenta Manolo Llongo. “Há muito tempo que andava a ver instalações isoladas como esta, mas senti-lo como se fosse algo seu e ver que a energia solar pode dar-lhe essa independência tem sido, sem dúvida, alucinante”, acrescenta.

 

Para este projeto, Manolo decidiu contar com algumas marcas de renome do portefólio da Krannich Solar. Foram instaladas doze unidades dos módulos fotovoltaicos de alta eficiência da Trina, colocados sobre uma estrutura coplanar no telhado da moradia. Para converter a energia, optou-se pelo inversor-carregador de 48 V Victron MultiPlus II, juntamente com o regulador de carga Victron Smartsolar MPPT. Além disso, foi colocada uma bateria de chumbo-ácido (cujo estado da carga pode ser controlado graças ao Victron BMV 700 e regulado com o Victron Smart Battery Sense), suficiente para proporcionar abastecimento ao esquentador de água, a duas bombas de água, a dois frigoríficos, a um congelador, a um micro-ondas, à estação de tratamento da piscina e ao resto dos equipamentos da moradia.

 

Instalações fotovoltaicas isoladas como esta podem ser a solução ideal para o âmbito residencial, sobretudo em segundas moradias em que os consumos não são constantes nem muito elevados. Manolo Llongo confiou na Eraeco e na Krannich Solar para gerar a sua própria energia solar, deixando de depender da rede elétrica e dizendo adeus aos preços excessivos das instalações elétricas. Será o leitor o próximo a dar este passo?