Horário de atenção

de segunda a sexta-feira

das 9:00h às 13:00h e

das 14:00h às 18:00h

 

Tel: +351 256 109 139

Tel: +351 300 500 455

 

Últimos tweets

Continuamos com a nossa formação Unikrannich no Porto. Não percas detalhes! https://t.co/2ozn3Id6kq
Esperamos por ti no Curso UniKrannich: Autoconsumo com baterías de alta voltagem. Tudo está pronto! https://t.co/BmTv51i4zw
Novo dia de formação no Porto com a KrannichSolarPT ,BYD e Kostal. Toda a informação no seguinte link… https://t.co/xdzrtye4W2
Inscreve-te na próxima formação da KrannichSolarPT no Portugal nos dias 07 de 09 de Fevereiro.Reserva tua vaga… https://t.co/S0X67RTQ2x

Perguntas sobre a energia solar feitas pelos utilizadores energéticos

Que tipos de energia solar existem?

Existem três tipos de energía solar: a fotovoltaica, a solar térmica e a solar termoeléctrica, também conhecida como termosolar.A geração fotovoltaica consiste na transformação directa da energia solar em corrente eléctrica. o efeito fotovoltaico foi descoberto em 1839 por Edmond Becquerel. Mais tarde, em 1904, Albert Einstein explicou este efeito na sua teoría da relatividade: a transformação parcial da energia luminosa em energia elétrica.

A radiação, medida em fotões, produz-se com a fusão nuclear gerada no interior do sol. Quando um fotão chega a um átomo de silício, os electrões separam-se da sua órbita o que gera uma tensão eléctrica. Deste modo, a radiação transforma-se em energia elétrica. Vê a explicação do vídeo que é mais fácil.

Quanto à solar térmica, esta tecnología consiste na absorção do calor solar mediante o uso de módulos solares térmicos. Através do painel térmico passa um fluido caloportador (normalmente água) que aproveita parte do calor. Este líquido eleva a sua temperatura e é dirigido até ao ponto de consumo ou armazenado.

A tecnología termosolar está baseada na concentração da radiação solar para produzir vapor ou ar quente mediante espelhos graças à sua grande reflectividade. Este vapor ou ar pode ser usado posteriormente em instalações eléctricas convencionais.

 

Que diferenças existem entre a energia solar térmica e a fotovoltaica?

A energia solar térmica serve para aquecer a água para diversos usos domésticos como, por exemplo, a água quente sanitária, o sistema de aquecimento, o aquecimento de piscinas ou a produção de frío para a climatização.

Em contrapartida, a energia solar fotovoltaica serve para a geração de energía elétrica. 

 

Que consumo de energia tem habitualmente uma vivenda?

A quantidade de energia elétrica consumida num lar varía consideravelmente em função dos equipamentos elétricos ligados, do número de residentes e da superfície do lar, da estação do ano, da zona climática, etc. 62% do consumo elétrico corresponde ao equipamento de eletrodomésticos e, em menor medida, à iluminação, a cozinha e os serviços de aquecimento e água quente.

Se queres instalar uma instalação fotovoltaica, solicita o teu orçamento personalizado.

 

Quais são os componentes de uma instalação fotovoltaica?

Numa instalação FV, os componentes básicos são o/os módulo/s fotovoltaico/s que captam a radiação solar e geram corrente continua, as estruturas de montagem que suportam as placas solares, e/os inversor/es solar/es que convertem a corrente continua em alternada, o sistema de comunicação de dados para fazer seguimento da geração de eletricidade e a cablagem.

Se se trata de uma instalação isolada, o sistema fotovoltaico necessita uma/s bateria/s para acumular a energia produzida não consumida e reguladores que controlam a carga das baterias. Saiba mais sobre uma instalação fotovoltaica neste vídeo.

 

Que tecnologias existem quanto a painéis fotovoltaicos?

Existem uma ampla variedade de tipologías de módulos solares FV, as três mais populares são as seguintes:

  • Os painéis monocristalinos compostos por células monocristalinas que se obtêm, do corte em rodelas finas (waffers) de um bloco de silício (lingote) cilíndrico com uma estrutura de um único cristal que cresceu numa só direcção. São de côr azul escuro. Este tipo de placas solares normalmente são as mais eficientes.
  • Os módulos policristalinos formados por células solares policristalinas que se obtêm, do corte de um bloco de silicio (lingote) em forma de um prisma retangular composto por vários cristais que cresceram em direcções diferentes. São de côr azul.
  • Existem também os painéis solares FV de capa fina. Entre eles, os mais frequentes são os de silício amorfo, CIS (cobre indío selénio), SIGS (cobre indío gálio selénio), CdTe (telúrio de cádmio), etc. Os painéis fotovoltaicos de capa fina normalmente estão compostos por uma única célula. Estes módulos solares são os que funcionam melhor em condições meteorológicas adversas: com radiação difusa ou temperaturas altas. As placas fotovoltaicas de película fina resultam ser menos eficientes mas, ao mesmo tiempo, são as mais económicas já que requerem muito pouca matéria prima. São a melhor opção se o proprietário conta com uma superfície ampla para a instalação e/ou um clima tropical ou subtropical.

Conhece mais detalhes sobre as diferentes tipologías de painéis solares fotovoltaicos.

 

Podem-se instalar os painéis solares sem inversor?

Sim, sempre que a rede interna se alimente de corrente continua. Hoje em dia existem uma ampla gama de eletrodomésticos que podem estar ligados num circuito deste tipo.

O inversor converte a eletricidade contínua procedente dos módulos fotovoltaicos em alternada para ser injectada na rede interna da vivenda.

 

Que manutenção tem a instalação FV?

Um sistema fotovoltaico requer muito pouca manutenção. Para optimizar o rendimento das placas solares, é conveniente manter a instalação sem sombras, limpa, tirando periodicamente o pó acumulado, as folhas caídas, as fezes de animais, etc.

Recomenda-se também rever assiduamente as conexões no interior dos quadros e os inversores solares assim como a cablagem.

 

De quanto em quanto tempo devo substituir os equipamentos?

A maioria dos painéis fotovoltaicos garantem uma potência de 80% mínima os primeiros 25 anos,  quanto a inversores ou reguladores normalmente possuem uma garantia de produto de 2 ou 5 anos mas é possível que até ao ano 12 por exemplo não seja necessária substituição. 

Por outro lado, as baterías dependem do uso que se faça delas, normalmente recomenda-se não realizar descargas abaixo dos 50%, ainda assim dependendo da tecnologia da baterias estas podem chegar a durar entre 2 e 10 anos com uma utilização diária.

 

O painel fotovoltaico é reciclável?

É possível reciclar os módulos fotovoltaicos da instalação através do serviço PV Cycle. A delegação da Krannich Solar, localizada na localidade valenciana de Picanya, oferece o serviço de recolha dos painéis fotovoltaicos para o seu reciclagem

 

Quanto custa um painel solar?

O preço do módulo fotovoltaico depende da potência pico (Wp), da eficiência, da garantia assim como da marca do fabricante. Solicita o teu orçamento agora.

 

Que diferenças existem entre  kW, Wp e Wh?

O kW é uma unidade de medida de potência. 1kW equivale a 1.000W.O Wp refere-se à potência pico, a máxima potência que pode ser produzida por um gerador solar (célula, placa ou instalação fotovoltaica). Esta define-se em condições standards de medida (STC – standard test conditions): 25ºC de temperatura e 1000 W/m2 de radiação incidente sobre o módulo com uma massa de are 1.5 (AM1.5) do espectro. Se se multiplica o número de módulos instalados pela potência pico do módulo, obteremos a potência pico do sistema fotovoltaico.

A potência nominal (W) e a potência pico (Wp) de um mesmo módulo podem coincidir ou não dependendo do fabricante. Normalmente, no caso dos módulos com tolerância positiva, a potência nominal é inferior. 

O Wh é unidade de medida da potência gerada ou consumida durante um espaço de tempo determinado, concretamente durante uma hora. Normalmente, o kWh utiliza-se para medir a facturação do consumo elétrico de uma habitação.

 

Que significa STC?

São as condições standards de medida (STC – standard test conditions): 25ºC de temperatura de ambiente e 1000 W/m2 de radiação incidente sobre o módulo com uma massa de ar 1.5 (AM1.5) do espectro.